Tratamento de cefaléia com acupuntura

27 de outubro de 2021
cefaleia-acupuntura-min-1200x800.jpg

A cefaléia, ou dor de cabeça, é uma das queixas mais prevalentes no consultório de acupuntura ou do neurologista.

Embora o tecido cerebral não doa, certas estruturas na cabeça e fora do crânio são sensíveis á dor. Essas estruturas incluem pele, músculos, artérias, membrana que cobre o crânio, olhos, ouvidos e cavidades dos seios nasais. A dor pode resultar de tensão ou inflamação nestas estruturas. As estruturas sensíveis á dor dentro do crânio são artérias, seios venosos e suas veias tributárias, partes das membranas externas na base do cérebro e nervos craniais e cervicais (sensoriais).

A cefaléia pode resultar da dilatação ou contração das artérias, da inflamação das membranas do cérebro ou da pressão de tumor ou de hemorragia. As cefaléias são classificadas como Primárias (p. ex., migrânea ou enxaqueca, tensional, trigemino-autonômica, em salva ou cluster) e Secundárias (p. ex., cefaléia cervicogênica).

Sinais de alerta, que indicam necessidade de avaliação médica imediata:

  • Primeira ou pior cefaléia;
  • Início súbito, associado a sinal neurológico focal;
  • Início subagudo, com piora ao longo dos dias ou semanas;
  • Cefaléia com febre, sintomas focais, rigidez de nuca e náuseas ou vômitos.

As cefaléias de alta prevalência são cervicogênica, tensional e migrânea (enxaqueca). A enxaqueca responde bem ao tratamento com acupuntura e estímulo trigemino-vagal. As sessões tendem a ser semanais ou conforme a necessidade de cada paciente. Localmente, o processo de agulhar os pontos sensíveis causa relaxamento dos músculos superficiais e profundos, restaurando o suprimento normal de sangue e oxigênio. Sistemicamente, as substâncias neuroquímicas induzidas pela inserção das agulhas, como endorfinas, são secretadas na corrente sanguínea ajustando o sistema Neuro-Imuno-Endrócrino.

Referência: Ma Y, Ma M, Cho ZH. Acupuntura para o Controle da Dor – Um Enfoque Integrado, capitulo 12 (271-276): Distúrbios Sistêmicos Relacionados à Dor. Ed. ROCA, 2006.

Texto por: Dra. Rosângela da Silva Biegler – CREMERS 17440

Créditos da imagem: Envato

Projeto Educador Logo Pequeno

O Projeto Educa Dor é uma ferramenta de informação em saúde, que busca levar de maneira clara, informações sobre os mais diversos conceitos envolvendo a dor crônica, seus tratamentos, métodos e diagnósticos.

Responsável técnico: Dr. João Marcos Rizzo - CREMERS 18903

Últimas postagens