Anestesiologista

DR. MARCOS SPERB BICCA DA SILVEIRA

CREMERS 12381
DR. MARCOS SPERB BICCA DA SILVEIRA


Entre em contato comigo:

Hospital Moinhos de Vento


(51) 3314 3434



Médico com especialização em Anestesiologia, Dor e Cuidados Paliativos.

Sou médico, formado em 1982 pela Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre (FFFCMPA).

Nos anos de 1983 e 1984, fiz Residência Médica em Anestesiologia no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Além de seguir como contratado do Hospital de Clínicas após a Residência, foi no Hospital Santa Rita da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, que é voltado ao tratamento do câncer, que tive a necessidade de aperfeiçoar meus conhecimentos em tratamento da dor, tanto aguda como crônica.

Fiz especialização em Tratamento da Dor e Cuidados Paliativos na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, com a Dra. Miriam Martelete em 1986. Segui trabalhando em consultório próprio e hospitais, atendendo Dor Crônica e Oncológica.

Posteriormente, fiz Especialização em Cuidados Paliativos Oncológicos pelo Instituto Catalão de Oncologia de Barcelona e no Hospital de La Santa Creu de Vic, Espanha, com o Dr. Xavier Gómez i Batiste-Alentorn (1999). Ao retornar, fundei com colegas, a UNITÀ – Clínica de Dor e Suporte Oncológico, onde segui o trabalho em tratamento da dor e cuidados paliativos.

No ano de 2005 fomos convidados pela diretoria médica do Hospital Moinhos de Vento a dar sequência ao nosso trabalho no Hospital, iniciando a Clínica de Dor do Hospital Moinhos de Vento, onde trabalhamos até hoje.

Durante o período ligado ao Hospital Moinhos de Vento (HMV) tive a oportunidade de enfrentar novos desafios na área de Dor, tendo realizado treinamentos para tratamento invasivo da dor neuropática, oncológica e crônica.


Formação Acadêmica

Dr. Marcos Silveira

Minha galeria de fotos



Meus últimos textos:


14 de outubro de 2020

Definimos dor crônica como aquela que apresenta uma duração maior que 3 (três) meses. Diferentemente da dor aguda, que é um mecanismo de defesa, a dor crônica apresenta-se como uma doença, tendo em vista as alterações que determina no sistema nervoso periférico e/ou central.

29 de julho de 2020

A dor aguda é aquela que ocorre como sinal de alerta, nos informa que está ocorrendo algum dano em determinada região do nosso corpo. Como exemplos: ao nos cortarmos, ao colocarmos a mão em uma chapa quente de fogão, ao termos uma fratura quando caímos, no pós-operatório etc.


Projeto Educador Logo Pequeno

O Projeto Educa Dor é uma ferramenta de informação em saúde, que busca levar de maneira clara, informações sobre os mais diversos conceitos envolvendo a dor crônica, seus tratamentos, métodos e diagnósticos.

Responsável técnico: Dr. João Marcos Rizzo - CREMERS 18903

Últimas postagens