Dica de série: “Dr. Morte”

17 de novembro de 2021
Dica-de-serie-Dr.-Morte-1200x800.jpg

Quantas vezes a realidade supera a ficção? Na série da Amazon Prime, no canal StarzPlay, nos deparamos com uma série de 8 episódios que, por mais realista seja, não consegue chegar ao clímax da tristeza e revolta que abalou mais de 30 famílias, devastadas pelos erros graves cometidos por um médico nos Estados Unidos, com a promessa de livrar seus pacientes de suas dores crônicas.

Confira também: Dica de Filme: Cafarnaum

A série DR. MORTE (Dr. Death, título original) conta a história do neurocirurgião americano Christopher Duntsch, especialista em problemas de coluna vertebral, que atualmente cumpre prisão perpétua no estado americano do Texas. O doutor Christopher Duntsch (vivido pelo excelente ator Joshua Jackson) trata enfermos com frieza e manipulação. Estrela em ascensão na comunidade médica de Dallas, no Texas, ele inicia a carreira com carisma e logo se torna reconhecido pelo brilhantismo como neurocirurgião. No entanto, repentinamente, seus pacientes começam a sofrer sequelas graves nas cirurgias, que ocasionam mutilações permanentes e até mesmo a morte. Trinta e três pacientes operados por Duntsch sofreram graves sequelas. Alguns ficaram paralíticos, como o próprio amigo de infância dele. Dois morreram. Egocentrismo, psicopatia, megalomania, álcool, drogas, conivência do estado e de instituições privadas que lucravam com a notoriedade do médico, são os ingredientes que culminaram com essa tragédia que, felizmente, foi encerrada em 2017 com a prisão perpétua do médico.

Além de Joshua Jackson, no papel de Duntsch, Alec Baldwin, Christian Slater e Annasophia Robb dão vida ao seriado que debate o erro médico, suas consequências e custos para a sociedade, o abalo da credibilidade de quem trabalha com saúde, e a corrupção num ambiente que deveria preservar somente o bem estar e a vida das pessoas. Digna dos thrillers mais assustadores feitos em Hollywood, a história de “Dr. Death” se baseia em fatos reais e ganhou notoriedade ao se tornar tema do podcast homônimo que analisa a má conduta de médicos nos Estados Unidos.

O verdadeiro Christopher Duntsch fez residência em neurocirurgia na Universidade do Tennessee. Associou-se a um professor, que o protegia, em empreendimento ligado à área de biotecnologia e acumulou dívidas com esse projeto. Mudou-se para Dallas, no Texas, apresentou currículo com várias informações falsas e foi contratado por um hospital local.

A nós cabe refletir sobre nossas escolhas médicas. Sempre que precisar de uma recomendação de especialista, recorra a duas fontes confiáveis: seu médico de confiança, que te acompanha e te conhece, e ao Conselho Regional de Medicina de sua região. Não entregue sua vida, sua saúde a ofertas sedutoras de quem quer que seja. A formação médica é literalmente a soma de anos de dedicação, aprimoramento técnico e experiência, associados a uma grande dose de humildade e estudo contínuo.

Texto por: Dr. João Marcos Rizzo – CREMERS 18903

Créditos da imagem: Divulgação

Projeto Educador Logo Pequeno

O Projeto Educa Dor é uma ferramenta de informação em saúde, que busca levar de maneira clara, informações sobre os mais diversos conceitos envolvendo a dor crônica, seus tratamentos, métodos e diagnósticos.

Responsável técnico: Dr. João Marcos Rizzo - CREMERS 18903

Últimas postagens